Com prestígio em alta, começa viagem de Lula à África

Arquivado em:
Publicado Quarta, 14 de Fevereiro de 2024 às 16:23, por: CdB

Lula, nesta quarta-feira, não teve qualquer agenda oficial e teve o dia reservado para compromissos pessoais, ao lado da primeira-dama, Janja. Nesta quinta-feira, o presidente tem uma reunião marcada com o contraparte egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi.


Por Redação, com agências internacionais - de Brasília e Cairo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarcou no Egito, nesta manhã de quarta-feira, para a primeira agenda internacional de 2024. Tão logo chegou ao Cairo, Lula tomou conhecimento da pesquisa qualitativa divulgada, mais cedo, em que fica demonstrado o aumento de sua popularidade, no Brasil.

lula-egito.jpg
Lula desembarca no Cairo, etapa inicial de um giro pela África


Lula, nesta quarta-feira, não teve qualquer agenda oficial e teve o dia reservado para compromissos pessoais, ao lado da primeira-dama, Janja. Nesta quinta-feira, o presidente tem uma reunião marcada com o contraparte egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi.

 

Expectativa


Segundo informações do Ministério das Relações Exteriores, a visita deve tratar de temas multilaterais, como mudanças climáticas, reforma das organizações internacionais e a guerra Israel-Palestina.

Pautas da agenda bilateral dos dois países também estão incluídas. Os dois presidentes vão conversar, ainda, sobre comércio, investimentos, cooperação técnica, cooperação em educação e cooperação em defesa. Há a expectativa de assinatura de acordos bilaterais.

Em 2024, Brasil e Egito celebram 100 anos de relações diplomáticas. O país é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na África. No ano passado, o comércio bilateral entre as duas nações totalizou US$ 2,8 bilhões.

 

Discussão


Essas trocas comerciais devem passar por incremento, com a abertura do mercado egípcio para diversos produtos brasileiros, como peixes e derivados, carne de aves, algodão, bananas e gelatina e colágeno. Está em discussão, inclusive, uma rota aérea entre os dois países, de São Paulo ao Cairo.

Também em 2023 o país africano teve atuação fundamental no processo de repatriação de famílias brasileiras presas na Faixa de Gaza. O processo permitiu o retorno de 115 pessoas ao território nacional.

Após a visita ao Egito, Lula irá para a Etiópia, onde também participará de reuniões bilaterais. Ele estará presente como convidado na 37ª Cúpula de Chefes de Estado e Governo da União Africana, organização que tem representantes de 55 nações da África.

 

Pesquisa


Ainda nesta manhã, chegou ao presidente Lula o resultado do estudo feito pelo Instituto de Pesquisa em Reputação e Imagem, da agência de comunicação FSB, que aponta para uma melhora consistente na aprovação do trabalho do governo. Em janeiro deste ano, disseram aprovar o governo Lula 62% dos entrevistados, ante 59% em dezembro de 2023 e 57% em junho.

O ponto mais baixo da curva foi registrado em maio de 2023, quando apenas 50% diziam aprovar o governo. Já o melhor período do governo foi em fevereiro do ano passado, pouco depois da posse, quando a aprovação atingiu a marca de 64%.

Disseram desaprovar o governo no último mês 29%, ante 32% em dezembro e 33% em junho. Desaprovação menor que a atual só foi registrada em fevereiro de 2023 (25%). O levantamento ouviu 21.515 pessoas entre 6 e 30 de janeiro de 2024. A margem de erro é de 1,3 ponto percentual para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Edições digital e impressa

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo