MP da Espanha pede quase cinco anos de prisão para Carlo Ancelotti

Arquivado em:
Publicado Quarta, 06 de Março de 2024 às 10:26, por: CdB

Em comunicado à imprensa, a Procuradoria Regional de Madri especifica que "pedirá quatro anos e nove meses de prisão" contra o treinador, que é acusado de ter fraudado os cofres públicos espanhóis com mais de uma milhão de euros sonegados em impostos.

Por Redação, com ANSA - de Madri

O Ministério Público da Espanha pediu nesta quarta-feira que o técnico italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid, seja condenado a uma pena de quase cinco anos de prisão por suposta fraude fiscal.

anelotti.jpg
Ancelotti é acusado de sonegar impostos

Em comunicado à imprensa, a Procuradoria Regional de Madri especifica que "pedirá quatro anos e nove meses de prisão" contra o treinador, que é acusado de ter fraudado os cofres públicos espanhóis com mais de uma milhão de euros sonegados em impostos.

Segundo a acusação, Ancelotti teria omitido os seus rendimentos provenientes de direitos de imagem à Fazenda durante os anos de 2014 e 2015, tendo transferido os valores para outros locais.

Mesmo que tenha deixado o Real Madrid em 2015, o MP considera que a Espanha foi o principal "centro de relações pessoais e de interesses econômicos".

De acordo com o MP, "para evitar a tributação dos rendimentos provenientes dos referidos direitos de imagem", além aqueles recebidos pelo Real Madrid por ouros contratos, o técnico utilizou uma rede "complexa" e "confusa" de empresas para "canalizar a arrecadação de direitos de imagem".

Além disso, Ancelotti teria tentado ocultar "o verdadeiro beneficiário dos rendimentos provenientes de seus direitos de imagem, para que nem ele próprio, nem nenhuma das referidas empresas, tenham que pagar impostos sobre as grandes quantias recebidas na Espanha ou fora do país".

O ex-técnico do Milan, Chelsea, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain, de 64 anos, foi enviado a julgamento em relação ao caso em julho passado.

Amplamente considerado um dos maiores treinadores de futebol de todos os tempos, ele conquistou, entre muitos outros troféus, a Liga dos Campeões por quatro vezes, sendo duas pelo Milan e duas pelo Real Madrid.

Atualmente, Ancelotti, que chegou a ser cotado para assumir a seleção brasileira, está em sua segunda passagem pelo gigante espanhol, depois de ter comandado o Real Madrid entre 2013 e 2015.

Alemanha investiga coros nazifascistas de torcedores da Lazio

A polícia de Munique, na Alemanha, investiga um episódio em que torcedores da Lazio entoaram uma canção fascista e fizeram a saudação fascista na Hofbräuhaus, cervejaria conhecida por ter sido o palco da fundação do Partido Nazista por Adolf Hitler.

Os torcedores foram à capital bávara para um jogo da Liga dos Campeões da Europa contra o Bayern. A ação foi registrada em um vídeo, que circula nas redes sociais.

O Código Penal alemão criminaliza a apologia ao nazismo em todas as suas formas.

Os presentes cantaram o Inno al Duce ( Hino ao Duque, sendo duque um título usado por Benito Mussolini) e o coro “Nosso centroavante é um iraniano, faz a saudação romana, faz explodir um avião, odeia negros e judeus, mulheres trans e gays, na AS Roma não tem judeus”.

– As imagens dos torcedores da Lazio entoando hinos ao líder e fazendo saudações romanas são uma vergonha. São uma mancha na equipe, em toda a torcida e na cidade de Roma – lamentou o secretário romano do Esporte, Alessandro Onorato.

Edições digital e impressa

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo