Em Roma, turista é multada por tentar invadir Fontana di Trevi

Arquivado em:
Publicado Segunda, 13 de Maio de 2024 às 14:01, por: CdB

O secretário de Turismo de Roma, Alessandro Onorato, chegou a cogitar a possibilidade de restringir o acesso de visitantes à Fontana di Trevi para coibir mergulhos ilegais no monumento histórico.


Por Redação, com ANSA - de Roma


A polícia italiana prendeu e multou uma jovem turista armênia que tentou entrar na Fontana di Trevi, um dos principais monumentos de Roma.




turistaitalia.jpg
Mulher de 21 anos, que não teve seu nome revelado, foi detida pelas forças de ordem

A mulher de 21 anos, que não teve seu nome revelado, foi detida pelas forças de ordem no último sábado e precisará pagar uma multa de até 450 euros (R$ 2,5 mil).


As tentativas de invadir a famosa fonte romana são recorrentes, tanto que vários turistas já foram detidos e multados em razão disso.


O secretário de Turismo de Roma, Alessandro Onorato, chegou a cogitar a possibilidade de restringir o acesso de visitantes à Fontana di Trevi para coibir mergulhos ilegais no monumento histórico.



Itália tem três praias entre as 50 mais belas do mundo


Um ranking divulgado pelo site norte-americano "worlds50beaches.com" elegeu três praias italianas como as mais bonitas do mundo em uma lista com 50 pontos turísticos.


Segundo a publicação, Cala Mariolu (2º lugar) e Cala Goloritzè (19º), ambas na costa de Baunei, em Ogliastra, na região da Sardenha, e a Spiaggia dei Conigli (50º), em Lampedusa, na Sicília, são as únicas praias italianas que aparecem na seleção.


"Nossa lista de 2024 é o culminar de incontáveis dias passados por nossos jurados, 'Embaixadores de Praia' e a equipe de 'World's 50 Beaches' explorando praias ao redor do mundo. Esperamos que esta lista forneça a inspiração que você precisa para planejar suas próximas férias na praia", diz a nota do site.


O resultado foi celebrado pelo italiano Stefano Monni, prefeito de Baunei, cidade do litoral de Ogliastra que encanta pelas paisagens de frente para o mar, suas praias de areia branca e águas cristalinas, quase todas acessíveis apenas pelo mar e com um número limitado de visitantes.


– Para Baunei este é um reconhecimento importante que leva o país e as nossas praias para o cenário mundial. Para nós, o dever de salvaguardar estas praias é cada vez mais crescente como temos feito há algum tempo, tendo sido os precursores da necessidade de preservar um ecossistema dos sonhos, mas ao mesmo tempo frágil – acrescentou Monni à agência italiana de notícias ANSA.


Nos últimos anos, a administração municipal da Sardenha determinou um número limitado de pessoas nas duas praias: em Cala Goloritzè, cujo acesso só pode ser feito por via terrestre, podem ficar no máximo 250 pessoas ao mesmo tempo e apenas mediante reserva, e em Cala Mariolu, na qual é permitido 700 visitantes, chegando tanto por mar como por terra.


– Gostaria de convidar os turistas a visitar não só as praias, mas também o interior. Esta é uma zona que pode ser apreciada em toda a sua beleza se partir do interior e chegar ao litoral quando se abre um espetáculo de tirar o fôlego. É por isso que deve preferir as excursões – concluiu o prefeito.





Edições digital e impressa

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo