Plataforma Elenco Negro vai conectar produtores e artistas do Rio

Arquivado em:
Publicado Segunda, 26 de Fevereiro de 2024 às 12:03, por: CdB

Além de otimizar a busca dos contratantes aos perfis e ao material de trabalho dos atores, a iniciativa também quer construir uma rede de apoio entre profissionais em diferentes estágios da carreira para troca de experiência. 


Por Redação, com Brasil de Fato - do Rio de Janeiro


Uma iniciativa pioneira que visa ampliar a inserção de artistas negros no mercado de trabalho. Esse é o objetivo da plataforma Elenco Negro, que conecta produtores e diretores a artistas negros do estado do Rio de Janeiro, sobretudo da Baixada Fluminenses e das periferias.




elenconegro.jpg
Atrizes e atores negros a partir de 18 anos e residentes no estado do Rio podem se cadastrar no banco de talentos "Elenco Negro"

A proposta é que a plataforma, que já conta com mais de 700 artistas inscritos, se torne um banco de dados digital de talentos negros para projetos audiovisuais e publicidades em geral. 


Além de otimizar a busca dos contratantes aos perfis e ao material de trabalho dos atores, a iniciativa também quer construir uma rede de apoio entre profissionais em diferentes estágios da carreira para troca de experiência. 


“O principal objetivo da plataforma do Elenco Negro é o fortalecimento de atores negros em diversos estágios de carreira, criando uma rede de apoio e suporte entre esses profissionais e potencializar a inserção dos mesmos no mercado de trabalho”, explica o diretor artístico do site, Fabrício Boliveira. 



Banco de talentos


Para se cadastrar no sistema, os pesquisadores de elenco deverão preencher um formulário, informando CNPJ, além de portifólio da agência e outros dados solicitados no ato da inscrição. Já os atores e profissionais das artes cênicas precisarão informar dados pessoais e portfólio. Podem se inscrever atrizes e atores negros residentes no Estado do Rio, a partir dos 18 anos.


O ator e diretor Fabrício Boliveira ressalta que todo processo é gratuito e a plataforma não faz intermediação comercial entre as partes. “O Elenco Negro não media comercialmente nenhum ação dentro e fora da plataforma. O artista é responsável pela negociação e acordos de eventuais trabalhos”, acrescenta. 


O evento de lançamento da plataforma foi realizado nesta segunda-feira, em Santa Teresa, no Centro do Rio. A cerimônia foi aberta ao público e contou com a presença de artistas, assim como produtores e diretores de elenco, além dos profissionais já cadastrados na plataforma.


Os artistas cadastrados no Elenco Negro contarão com uma atividade fechada, com oficina sobre Preparação e Jogo Cênico, mediada por Fabrício Boliveira e bate-papo com convidados. As ações acontecerão no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro e Centro Afrocarioca de Cinema.


O projeto teve incentivo do Programa de Fomento à Cultura Carioca - FOCA da Prefeitura do Rio e da Secretaria Municipal de Cultura.



Serviço


Lançamento da plataforma Elenco Negro


Segunda-feira, às 18h


Local: Agô - Bar da Encruza (Na Rua Áurea, nº 30 - Santa Teresa)


Entrada gratuita




Edição digital

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo