Lira reúne bancada gaúcha e recebe projetos destinados ao RS

Arquivado em:
Publicado Terça, 14 de Maio de 2024 às 20:19, por: CdB

A lista de projetos debatidos com Lira foi organizada pelos deputados da Comissão Externa sobre Danos Causados pelas Enchentes no Rio Grande do Sul. O colegiado foi criado em 2023 para debater os danos causados pelas chuvas no ano passado, mas estendeu os trabalhos devido à tragédia deste ano.


Por Redação - de Brasília

Um grupo de deputados da bancada gaúcha reuniu-se, nesta terça-feira, com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Na pauta, projetos prioritários para auxílio ao Rio Grande do Sul.

arthur-lira.jpg
Arthur Lira quer liberar recursos para o Rio Grande do Sul, o quanto antes


O Estado enfrenta as consequências das fortes chuvas que causaram enchentes e afetaram 446 municípios. O último balanço da Defesa Civil, divulgado na tarde desta terça-feira, revela que o número de mortos chega a 148.

A lista de projetos debatidos com Lira foi organizada pelos deputados da Comissão Externa sobre Danos Causados pelas Enchentes no Rio Grande do Sul. O colegiado foi criado em 2023 para debater os danos causados pelas chuvas no ano passado, mas estendeu os trabalhos devido à tragédia deste ano.

 

Propostas


Segundo o coordenador da comissão, Marcel Van Hattem (Novo-RS), a lista organizada pela comissão conta com 99 projetos.

— Desses 99, a nossa ideia é que saiamos dessa reunião com um número reduzido de projetos, e que também tenhamos linhas de produção definidas para que não fiquem áreas desatendidas — pontuou Van Hattem.

Durante a sessão da comissão externa, parlamentares listaram propostas que podem ser avaliadas por Lira. Bibo Nunes (PL-RS) pediu celeridade na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que reserva 5% das emendas parlamentares para uso em catástrofes e emergências naturais.

Uma comissão especial para analisar a PEC já foi instalada. Nunes também sugeriu que itens leiloados pela Câmara sejam doados para famílias do RS. O deputado Daniel Trzeciak (PSDB-RS), por sua vez, propôs a isenção do Imposto de Renda para todos os gaúchos que recebem até R$ 5 mil.

Edições digital e impressa

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo