Escola na Lomba do Pinheiro terá turmas de ensino médio

Arquivado em:
Publicado Sexta, 03 de Março de 2023 às 09:04, por: CdB

Durante audiência pública realizada em maio de 2022 na Assembleia Legislativa do RS, o representante da Comissão de Educação do Conselho, Acir Paloschi, afirmou que existia uma demandada muito grande por esta modalidade.


Por Redação, com Brasil de Fato - de Brasília


A comunidade da Lomba do Pinheiro, Zona Leste da Capital gaúcha, terá a opção de cursar o ensino médio na Escola Maria Cristina Chiká. A reivindicação da implementação de turmas de ensino médio na região vem de alguns anos de mobilização dos moradores e comunidade escolar, organizados principalmente através do Conselho Popular da Lomba do Pinheiro.




escola.jpeg
Moradores da Lomba do Pinheiro, organizados no Conselho Popular, conquistaram a implantação do ensino médio na Escola Estadual Maria Cristina Chiká

comunidade já havia recebido parecer favorável da Secretaria de Educação do RS (Seduc) para encaminhar o processo referente à implantação do ensino médio na referida escola. Agora, a decisão obtida de forma emergencial através do Conselho Estadual de Educação (CEE) se concretiza na adaptação das salas do prédio, que precisou receber novas salas de aulas, laboratório e biblioteca. 


Segundo o coordenador do Conselho, Francisco Geovani, é muito bem vinda a concretização da demanda. "Devido ao elevado crescimento demográfico da Lomba do Pinheiro, estava mais do que na hora a abertura de novas vagas nessa modalidade de ensino", afirmou.



Comissão de Educação do Conselho


Durante audiência pública realizada em maio de 2022 na Assembleia Legislativa do RS, o representante da Comissão de Educação do Conselho, Acir Paloschi, afirmou que existia uma demandada muito grande por esta modalidade, visto que haviam dez escolas de ensino fundamental próximas à Maria Chiká. Segundo Acir, estas instituições formam cerca de 4 mil alunos por ano, que precisam de alternativas próximas para seguir os estudos.


Na mesma ocasião, o vereador Aldacir Oliboni (PT) contextualizou que existia uma demanda histórica na Lomba do Pinheiro de instalação mais uma escola com ensino médio, devido ao fato de residirem na região cerca de 100 mil pessoas, que são atendidas por dez escolas de ensino fundamental e apenas uma de ensino médio.


A necessidade destes estudantes que terminam o fundamental de se deslocar para outras regiões para seguir os estudos acaba favorecendo a evasão escolar, entre outros prejuízos.


O Conselho Escolar da Maria Cristina Chiká, à época, já havia apresentado um estudo de viabilidade para implantação do ensino médio. Além disso, o vice-diretor da escola, Joacir Lui, afirmou que, em reunião da direção do Chiká com os professores e diretores de turno, havia ocorrido manifestação unânime dos presentes pela implantação do ensino médio.



Edição digital

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo