Deputada alemã critica gastos militares exagerados com a Ucrânia

Arquivado em:
Publicado Domingo, 03 de Dezembro de 2023 às 17:32, por: CdB

Sarah Wagenknecht listou como exemplos o dinheiro enviado diretamente pela Alemanha à Ucrânia, o dinheiro da UE para Kiev financiado por contribuintes alemães e o aplicado nos refugiados ucranianos na Alemanha.


Por Redação, com Sputnik - de Berlim

A deputada alemã Sarah Wagenknecht expressou neste domingo, pelas redes sociais, sua insatisfação com a entrega de um "presente" de € 24 bilhões (R$ 127,52 bilhões) para a Ucrânia.

sarah-wagenknecht.jpg
A deputada Sahra Wagenknecht avalia negativamente o apoio da Alemanha à Ucrânia


“A Ucrânia se assemelha cada vez mais a um poço sem fundo. De acordo com os números do próprio governo alemão, ele transferiu diretamente € 24 bilhões em receitas fiscais para a Ucrânia durante o conflito. Isso inclui fundos para armas e contribuições para o orçamento de Estado ucraniano", escreveu.

Além disso, Wagenknecht sublinhou que a UE forneceu ajuda financeira à Ucrânia no total de € 85 bilhões (R$ 451,64 bilhões), quase um quarto dos quais foi financiado por contribuintes alemães.

Ajuda


"Isso significa que a Alemanha enviou mais € 20 bilhões [R$ 106,27 bilhões] para a Ucrânia por meio da UE", acrescentou a legisladora.

Ela acredita que o valor total da ajuda chegará a € 44 bilhões (R$ 233,79 bilhões) e, que, com os € 14 bilhões (R$ 74,39 bilhões) adicionais alocados para ajudar os refugiados ucranianos, a soma subirá para € 60 bilhões (R$ 318,8 bilhões).

A política referiu que isso está acontecendo em um país onde há um debate contínuo sobre a possibilidade de alocar € 2 bilhões (R$ 10,63 bilhões) para ajudar crianças carentes. Sarah Wagenknecht ainda notou que os EUA e alguns países europeus estão começando a reter a ajuda à Ucrânia.

Edição digital

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo