Bolsonaro não quer ouvir que Michelle seja candidata à Presidência

Arquivado em:
Publicado Terça, 14 de Maio de 2024 às 20:26, por: CdB

Presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto tem tentado liberar Bolsonaro da sentença que o tornou inelegível até 2030. Segundo apurou a colunista, ele procurado por candidatos à Presidência da Câmara e do Senado dispostos a encampar um Projeto de Lei que anistie Bolsonaro e permita que ele se candidate em 2026.


Por Redação - de Brasília

Inelegível e sob o risco de perder até a liberdade, em mais de um processo que tramita na esfera judicial, o ex-mandatário neofascista Jair Bolsonaro (PL) torce o nariz para a hipótese da mulher, Michelle, ser candidata ao Palácio do Planalto, em 2026.

— As chances de ele conseguir (ser candidato) são mínimas e quase ninguém no partido acredita que seja possível, mas Valdemar e Bolsonaro acreditam, então por ora não se fala em candidatura de Michelle ou de Tarcísio para valer — disse um interlocutor à coluna da jornalista Malu Gaspar, no diário conservador carioca O Globo.

valde-costa-neto.jpg
Presidente do PL, Valdemar da Costa Neto tem esperança que Bolsonaro se torne elegível até 2026


Presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto tem tentado liberar Bolsonaro da sentença que o tornou inelegível até 2030. Segundo apurou a colunista, ele procurado por candidatos à Presidência da Câmara e do Senado dispostos a encampar um Projeto de Lei que anistie Bolsonaro e permita que ele se candidate em 2026.

Supremo

Outra esperança que Valdemar e Bolsonaro nutrem é tirar os processos contra o ex-presidente da jurisdição do Supremo Tribunal Federal (STF) e, portanto, da lavra de Alexandre de Moraes. No momento há dois pedidos parados no gabinete do presidente do STF, Luís Roberto Barroso. Dificilmente, porém, algum tem chance de ser aprovado.

No entorno de Bolsonaro, essa é considerada uma possibilidade ainda mais remota do que a anistia. Mesmo assim, a esta altura, ninguém descarta nenhuma hipótese.

— A gente também já acreditou que Lula nunca mais voltaria a se candidatar e ele conseguiu, então ninguém no PL vai dizer a Bolsonaro para não continuar tentando — acredita um bolsonarista convicto e inveterado.

Edições digital e impressa

 

Utilizamos cookies e outras tecnologias. Ao continuar navegando você concorda com nossa política de privacidade.

Concordo